Stilus outro

Alto índice de rejeição e falta de apoio político força prefeito Marcelo Ascoli a desistir de reeleição

Por Altair de Abreu/Sidrolândia Agora em 13/09/2020 às 21:05:23
Prefeito Marcelo Ascoli- Foto: Sidrolândia Agora

Prefeito Marcelo Ascoli- Foto: Sidrolândia Agora

Sabendo do alto índice de rejeição acumulado pelo Prefeito de Sidrolândia Marcelo Ascoli, desiste de concorrer reeleição no pleito de 2020.

O prefeito de Sidrolândia que conseguiu agregar apenas o apoio do enfraquecido PT. que está na mão de um pequeno grupo em Sidrolândia, e ficando muito desgastado por não conseguir apresentar um trabalho que levasse ao crédito político, o prefeito acabou desistindo de concorrer as eleições de 2020, por ver também que não teria chances e poderia passar um vexame político em Sidrolândia.

Marcelo Ascoli se elegeu no partido PSL. Aonde teve apoio de vários partidos em sua campanha de 2016.

O MDB foi indicado a vice e conseguiu eleger o prefeito com apoio expressivo do MDB.de Sidrolândia, após um ano e meio de governo, O prefeito Marcelo Ascoli abortou todo o MDB de seu governo.

O prefeito Marcelo Ascoli começou a sofrer desgastes, e não conseguiu agregar e se organizar para concorrer às eleições, deixando o partido e as articulações por conta da chefe de gabinete Jaice Centurion, e Cleyton Ortega, que também não tem crédito político para agregar outros partidos, ficando apenas o PT.do Jean que conta hoje com vários parentes nomeados na Prefeitura, e cargos de confiança do prefeito.

O prefeito Marcelo chamou toda imprensa na manhã de sábado, e comunicou que iria desistir de concorrer ao pleito de 2020,deixando assim poucos seguidores a apoiadores decepcionados com a decisão do prefeito.

No paço Municipal de Sidrolândia existe rumores o que levou o prefeito a desistir de concorrer foi uma pesquisa encomendada que chegou e suas mãos no sexta feira, que após o Prefeito Marcelo ver os resultados aonde apontava um alto índice de Reprovação de seu governo, e um baixo nível de aceitação, ele não teria chances de se eleger levou tomar esta decisão, que não sobrou outra alternativa não ser de agora em diante arrumar a casa para entregar para o próximo prefeito que assumir em 2021.

Comentários

Queimada