Stilus outro

PIN: vers√£o atualizada do Portal de informa√ß√Ķes e Geoposicionamento de MS j√° est√° no ar

Por Redação em 16/09/2020 às 09:35:11
.

J√° est√° disponível a vers√£o atualizada do Portal de informa√ß√Ķes e Geoposicionamento de Mato Grosso do Sul (PIN/MS), sistema do Governo do Estado criado com base na arquitetura tecnológica da plataforma ArcGIS, o PIN/MS e que permite à sociedade o acesso a diversas informa√ß√Ķes geoespaciais do Estado, como base de dados georreferenciados, imagens de satélites, mapas tem√°ticos entre outros itens relacionados ao campo de conhecimento ambiental territorial.

O sistema é administrado pelo Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) juntamente com a SGI (Superintend√™ncia de Gest√£o da Informa√ß√£o) e pode ser acessado pelo endere√ßo https://www.pinms.ms.gov.br/portal/home/.

Por meio do PIN, por exemplo, o usu√°rio tem à sua disposi√ß√£o dados geogr√°ficos e imagens de altíssima resolu√ß√£o de todos os municípios de Mato Grosso do Sul, os dados do CAR (Cadastro Ambiental Rural), das outorgas de uso de recursos hídricos, além de informa√ß√Ķes atualizadas sobre a oferta de servi√ßos públicos como escolas, hospitais, estradas, e até mesmo a visualiza√ß√£o de assentamentos, aldeias indígenas, com marcadores que demonstram as políticas públicas implantadas para atender essas comunidades.

"O PIN é uma ferramenta moderna que oferece à sociedade uma série de informa√ß√Ķes pertinentes ao Imasul e a outras secretarias, sistematizadas e padronizadas sobre todo o Mato Grosso do Sul", lembra o diretor-presidente do Imasul, André Borges.

De acordo com o secret√°rio Jaime Verruck, da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produ√ß√£o e Agricultura Familiar), "o PIN pode orientar investimentos privados, por exemplo. De qualquer lugar do planeta o empres√°rio pode olhar no mapa a infraestrutura existente na localidade, o que produz, a logística disponível, e assim tomar a decis√£o acertada do município ideal para implantar sua empresa", afirma.

Além da disponibiliza√ß√£o de conteúdo para a sociedade, ainda é possível utilizar os recursos oferecidos pela plataforma ArcGIS para efetuar an√°lises espaciais, integra√ß√£o com outras tecnologias de sistemas e consultas geoestatísticas utilizando os WebServices e API"s que s√£o disponibilizados pela ferramenta. A plataforma ainda oferece uma série de aplicativos para smartphones e tablets, os quais possibilitam levantamento de dados em campo e navega√ß√£o off-line.

O projeto foi subsidiado com recursos próprios do Governo do Estado. Só no banco de imagens de altíssima resolu√ß√£o (que aproxima o objeto como se estivesse a 30 centímetros de dist√Ęncia do observador) o governo investiu R$ 5 milh√Ķes. O mosaico de imagens com todos os municípios de Mato Grosso do Sul j√° est√° disponível no servidor do Portal, além de informa√ß√Ķes da Agraer (Ag√™ncia Estadual de Desenvolvimento Agr√°rio e Extens√£o Rural) e do Imasul.

Fizeram parte do projeto: Frederico Licio Pereira - Especialista GIS e Líder da equipe de Dados/BI (CSIC-SGI); Cristiane Riquelmes e Vinicius Tagliaferro - Analistas de Negócios da CRCC; Equipe Técnica e de Negócios da empresa Imagem (ESRI).

Marcelo Armôa, Semagro, com informa√ß√Ķes da SGI

Fonte: Governo MS

Coment√°rios

Queimada