Stilus outro

iOS 14: atualização para iPhone pode causar 'bugs' em apps? Especialistas explicam riscos

Por Redação em 16/09/2020 às 14:26:08
Desenvolvedores dizem que Apple liberou novo sistema 'em cima da hora' e que algumas funcionalidades podem ter problemas nos primeiros dias, mas é improvável que aplicativos parem de funcionar por completo. Apple começa a distribuir nesta quarta-feira (16) a atualização para o iOS 14, novo sistema do iPhone.

Reprodução/Apple

Uma das novidades anunciadas pela Apple em seu evento realizado na última terça-feira (15) foi a liberação do iOS 14, novo sistema para iPhones, para o dia seguinte.

A partir desta quarta (16), quem tem um iPhone 6S ou mais recente poderá instalar o novo sistema operacional.

Porém, desenvolvedores de aplicativos alertam que é importante ter cautela antes de fazer a atualização.

O problema é que, desta vez, os criadores de apps não tiveram tempo de lançar as suas próprias atualizações com correções de possíveis erros ou com novidades para aproveitar os recursos do iOS 14.

"Não é frequente quebrar o app por completo, mas pode quebrar algum recurso, e o usuário vai ter que esperar uma correção", disseram Willian Max e Felipe Ribeiro, sócios da Sorcererhat, uma empresa brasileira de desenvolvimento de apps.

Geralmente, a Apple anuncia a liberação da nova versão do sistema em seus eventos anuais de setembro, mas só envia os arquivos para os usuários uma semana depois da apresentação.

Esse tempo dá aos desenvolvedores a oportunidade de testarem seus aplicativos na versão final, que recebem de forma antecipada.

Depois disso, eles enviam seus ajustes para a App Store, loja de aplicativos do iPhone.

Como tudo aconteceu tão rápido neste ano, muitos deles não vão conseguir fazer todas as adaptações necessárias a tempo de os usuários instalarem o iOS 14.

E mesmo os desenvolvedores que testaram e fizeram ajustes ontem, há a preocupação de a atualização dos apps não estarem disponíveis a tempo.

Todos as mudanças feitas em um aplicativo precisam passar por uma revisão da Apple. Essa liberação pode acontecer rapidamente, mas também demorar dias.

"Às vezes não é culpa do desenvolvedor, o processo de revisão é imprevisível. E imagina a quantidade de apps sendo enviados agora", disseram Willian e Felipe.

O que pode dar errado?

O G1 conversou com desenvolvedores para entender o que pode não funcionar nesses primeiros dias do iOS 14.

Nova tela inicial do iOS 14 e o aplicativo "Translate" que intermediará tradução em tempo real.

Divulgação/Apple

Douglas Fischer, que trabalha na criação de aplicativos para iPhone e é um dos organizadores do evento NSBrazil, voltado para a comunidade de desenvolvedores para iOS, explica que a nova versão do sistema trouxe mudanças nos sistemas de permissões.

"Muitos apps podem não funcionar em algumas áreas. A parte de como o sistema lida com a permissão de localização mudou, há controles diferentes agora", diz Douglas Fischer.

"Pode ser que um aplicativo que utiliza informações de localização para pegar o seu endereço feche do nada, por exemplo", explica.

O mesmo pode acontecer com as permissões para utilizar a câmera e o microfone, que ganharam opções de privacidade.

Mas isso não quer dizer que será impossível de usar o celular.

"É menos comum os aplicativos quebrarem hoje em dia, as versões novas do iOS não costumam trazer muitos problemas", disse Douglas.

Outra preocupação é com os aplicativos de banco, que são essenciais no dia a dia.

"Não necessariamente o app vai parar de funcionar, mas uma opção ou outra pode não funcionar corretamente", comentou Felipe.

"Recomendo que vejam na App Store [loja de aplicativos] se já estão adaptados os aplicativos mais usados, principalmente os de bancos, para não ter surpresa", completou Willian.

Os apps mais populares, de redes sociais como o Facebook, Instagram e Twitter, costumam trabalhar mais de perto com o time da Apple para evitar problemas.

A desenvolvedora do jogo Animal Crossing, por outro lado, sugere que as pessoas não atualizem o iOS 14 porque não será possível abrir o game.

Relação abalada

O relacionamento entre desenvolvedores e a Apple tem ganhado capítulos de animosidade nos últimos meses.

As taxas que a empresa cobra para que aplicativos ofereçam recursos pagos desagrada criadores, incluindo a Epic Games, que processou a fabricante do iPhone.

A Apple revisou algumas diretrizes recentemente, tentando apaziguar o clima. Mas a decisão de liberar o novo iOS de forma acelerada não foi tão bem recebida entre os desenvolvedores.

"A notícia pegou muita gente de surpresa. Não chega a ser algo crítico, mas há um histórico de atritos", comentou Douglas Fischer.

"Os desenvolvedores adaptam seus aplicativos durante meses, desde a liberação na WWDC [evento que anuncia as novidades do sistema], mas precisamos da versão estável para poder enviar o código para a revisão da Apple", explicou o programador.

A expectativa é que nas próximas semanas a maioria dos aplicativos estejam adaptados.

O G1 procurou a Apple, que disse que "não iria comentar" o caso neste momento.

Veja vídeos sobre dicas de segurança digital

Fonte: G1

Comentários

Queimada