Stilus outro

Comiss√£o do Senado aprova ida a regi√Ķes afetadas por fogo no Pantanal

Por Redação em 16/09/2020 às 22:32:04
.

A comiss√£o tempor√°ria externa, formada por senadores de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso para acompanhar as a√ß√Ķes de enfrentamento aos inc√™ndios no Pantanal, aprovaram a realiza√ß√£o de dilig√™ncia para acompanhar as a√ß√Ķes de enfrentamento aos inc√™ndios.

Os senadores v√£o conversar com as equipes na regi√£o e sobrevoar √°reas afetadas. A dilig√™ncia ocorrer√° no próximo s√°bado (19), nas cidades de Poconé e Porto Cerrado, em Mato Grosso.

Os membros da comiss√£o devem visitar o posto fiscal e espa√ßo de acolhimento dos animais; conversar com representantes de propriet√°rios de fazendas e pousadas, ONGS e cientistas. Também est√° previsto um sobrevoo de helicóptero na regi√£o afetada pelas queimadas. Est√° prevista ainda uma outra visita, na próxima semana, a Corumb√°, no Mato Grosso do Sul, em data a ser definida.

A comiss√£o foi instalada na tarde de hoje, em sua primeira reuni√£o, realizada virtualmente. Os membros s√£o Simone Tebet (MDB-MS), Soraya Thronicke (PSL-MS), Wellington Fagundes (PL-MT) e Nelsinho Trad (PSD-MS). Fagundes foi eleito presidente da comiss√£o e Trad o relator.

"O Pantanal arde e pede socorro. Faremos o que for preciso para que esta tragédia n√£o se repita. Os grandes inc√™ndios est√£o colocando em risco a flora e a fauna", disse Fagundes. "O enfrentamento aos inc√™ndios de forma articulada deve ser apenas uma das a√ß√Ķes que pretendemos construir. Para dar certo, esse debate precisar√° contar com a participa√ß√£o da sociedade civil, especialmente do povo pantaneiro", acrescentou.

O prazo de funcionamento da comiss√£o é de 90 dias. A comiss√£o também observar√° a transpar√™ncia das atividades coordenadas pela Opera√ß√£o Pantanal, deflagrada pelo Ministério da Defesa em 25 de julho - inicialmente para combater os inc√™ndios no Pantanal sul-mato-grossense, mas ampliada, no dia 5 de agosto, para o bioma mato-grossense.

Segundo dados do Centro Nacional de Preven√ß√£o e Combate aos Inc√™ndios Florestais (Prevfogo), cerca de 20% do Pantanal j√° foi destruído pelo fogo. Trata-se de uma √°rea de quase 3 milh√Ķes de hectares. O presidente do colegiado também informou que satélites que vigiam a regi√£o detectaram 12.703 focos de inc√™ndio ativos.

"Essa comiss√£o é pequena porque tem que ser proativa, r√°pida e emergencial. Neste momento temos centenas de animais e nossa flora sendo destruídos", disse Simone Tebet. Também participou da reuni√£o a pesquisadora C√°tia Nunes da Cunha, do Centro de Pesquisa Pantanal. Ela lembrou que as solu√ß√Ķes para os inc√™ndios, mais comuns em época de seca, devem considerar as diferen√ßas do ecossistema pantaneiro. Segundo ela, a regi√£o é de √°reas úmidas e tem período de inunda√ß√£o e uma fase seca, terrestre.

"N√£o podemos tra√ßar políticas ignorando uma dessas fases. Vemos que houve uma situa√ß√£o, que isso ocorre no Pantanal. Sabemos que é cíclico, de uma quest√£o de oscila√ß√£o de temperatura da √°gua dos oceanos e que traz essa consequ√™ncia para o Pantanal. Temos que estar organizados para atender a quest√£o do fogo ou grandes enchentes".

Edição: Aline Leal

Coment√°rios

Queimada