Stilus outro

UFC 254: Khabib vence e anuncia aposentadoria por morte do pai, vítima de Covid-19

Por Redação em 24/10/2020 às 21:12:25

Khabib Nurmagomedov teve de entrar pela primeira vez no octógono sem o pai no córner para enfrentar Justin Gaethje no UFC 254. E também foi a última. O russo derrotou o americano e, logo na sequência, anunciou que irá se aposentar, pois acredita que não conseguirá prosseguir no esporte sem a presença daquele que foi seu treinador ao longo de toda a carreira. O pai de Khabib, Abdulmanap, faleceu em 3 de julho, vítima do novo coronavírus. Anteriormente, o lutador de MMA já havia dado mostras de como seria difícil continuar sem o homem que havia sido seu herói. "Obrigado aos caras que estão comigo. Esta é a minha última luta. Não tem como voltar aqui sem o meu pai. Quando o UFC me chamou para lutar com Justin, eu conversei com a minha mãe por três dias. Eu prometi que será minha última luta. Se eu dou minha palavra, eu tenho que cumprir", declarou o russo.

A luta deste sábado (24), em Abu Dabi, começou com Gaethje conseguindo se manter no centro do octógono com muitas fintas e guarda baixa. Ele desferiu o primeiro ataque com chute baixo, seguido de cruzados. Com cerca de dois minutos do primeiro round, Khabib passou a buscar as pernas do desafiante, que evitou as quedas. O russo surpreendeu com uma joelhada na cabeça e aumentou o volume de golpes para forçar o americano para trás. Gaethje recebeu muitos golpes no rosto, mas encaixou outros no adversário. Faltando 40 segundos para o fim do assalto, o russo conseguiu colocar o rival para baixo, foi para a montada e quase encaixou uma chave de braço, mas o cronômetro zerou.

Gaethje voltou para o segundo round com um bom chute baixo. Ao tentar de novo o golpe, viu Khabib marcar o tempo e aplicar a queda logo no início do assalto. No chão, voltou a mostrar qualidade técnica, encaixou o triângulo e ajustou a posição até o americano dar três tapinhas e encerrar a luta. Logo após o embate ser encerrado, Khabib demonstrou grande emoção por ter vencido sem a presença do pai no local. O russo encerra a carreira com um cartel perfeito, de 29 vitórias em 29 lutas profissionais, e o cinturão dos pesos leves do UFC (até 70,3kg).

Leia também

Jovem atacante colombiano do Palmeiras é contratado pelo Botafogo

Real Madrid leva a melhor e vence clássico contra Barcelona por 3 a 1

Pelé, 80 anos: Rei do Futebol revela medo de perder milésimo gol; veja vídeo

*Com Estadão Conteúdo

Fonte: Gazeta

Comentários

Queimada