Stilus outro

Incêndios continuam no Pantanal; área de mais de 120 mil hectares foi queimada, diz INPE

Mais de cem brigadistas, bombeiros de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, aviões e helicópteros auxiliam no combate ao fogo.

Por Redação em 02/11/2019 às 13:53:10
Área queimada próxima a Miranda (MS), no Pantanal. - Foto: Chico Gomes/TV Morena

Área queimada próxima a Miranda (MS), no Pantanal. - Foto: Chico Gomes/TV Morena

As queimadas no Pantanal de Mato Grosso do Sul continuam. De acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), de 26 de outubro a 1º de setembro, uma área de mais de 120 mil hectares entre Corumbá e Aquidauana, foi atingida pelas chamas.

Em uma das fazendas atingidas, foi montada uma base de combate, com mais de cem brigadistas do Centro Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (Prevfogo) e bombeiros de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso. Três aviões e três helicópteros também auxiliam no combate às chamas.

O fogo já prejudica a estrutura de pontes na região, além de deixar vegetação queimada e peixes mortos. Conforme a Defesa Civil, um dos fatores que mais dificultam o combate aos incêndios é a comunicação, já que cabos de fibra ótica foram rompidos.

Segundo o INPE, somente neste ano, Mato Grosso do Sul já registrou 10.266 focos de calor até o dia 1° de novembro, um aumento de 333% se comparado ao ano passado, que registrou 2.368. Só no Pantanal, foram mais de 2.400 focos em 2019.

Jacaré aparece morto em rio do Pantanal de MS após queimadas. — Foto: Chico Gomes/TV MorenaJacaré aparece morto em rio do Pantanal de MS após queimadas. — Foto: Chico Gomes/TV MorenaJacaré aparece morto em rio do Pantanal de MS após queimadas. — Foto: Chico Gomes/TV Morena

Fonte: G1/MS

Comentários

Queimada