Stilus outro

Grávida é mantida em cárcere por 4 meses por pai que ameaçou matar bebê

Jovem disse que foi levada para outra cidade pelo pai que a manteve em c√°rcere por n√£o aceitar seu relacionamento com o marido

Por Redação em 20/11/2020 às 09:07:21

Uma gr√°vida de 21 anos conseguiu fugir e pedir ajuda na Deam (Delegacia Especializada de Pronto Atendimento à Mulher), na noite desta quinta-feira (19), em Campo Grande depois de ser mantida em c√°rcere privado pelo próprio pai de 52 anos.

Na delegacia, ela contou que seu pai n√£o aceitava o seu relacionamento com seu marido, que come√ßou em julho de 2019. Em janeiro deste ano, a mulher teria ido até Aquidauana a pedido do pai ficando hospedada na casa de sua avó por 15 dias, onde conseguia manter contato com terceiros, mas no m√™s de fevereiro foi levada para Porto Murtinho pelo pai.

Na cidade ficou na casa de seu avô até junho deste ano sendo mantida em c√°rcere privado pelo pai e proibida de manter contato com outras pessoas, sendo vigiada a todo momento. Ela ainda contou que foi amea√ßada de morte e que seu pai teria dito que faria com que ela perdesse seu beb√™.

Para tentar escapar, a vítima disse que estava com dores na barriga for√ßando seu pai a retornar com ela para Campo Grande. Mas, chegando na Capital continuou sendo vigiada e humilhada com palavras de baixo cal√£o pelo autor. Mas, na noite desta quinta (19), ela conseguiu sair de casa e procurar ajuda na delegacia. O caso foi registrado como sequestro e c√°rcere privado, injúria e amea√ßa.

Fonte: Midiamax

Coment√°rios

Queimada