Stilus outro

Dharleng Campos pode perder vaga na Câmara de Campo Grande para Delei Pinheiro em reviravolta na contagem de votos

Se isso acontecer, Camila Jara (PT) poderá ser a única mulher entre os 29 vereadores eleitos

Por Redação em 21/11/2020 às 16:07:44
Delei Pinheiro (PSD) é do mesmo partido que Marquinhos Trad, prefeito reeleito na capital - Divulgação

Delei Pinheiro (PSD) é do mesmo partido que Marquinhos Trad, prefeito reeleito na capital - Divulgação

Delei Pinheiro, candidato a vereador do Partido Social Democrático (PSD), poderá tomar a vitória de Dharleng Campos (MDB) caso quite as pendências dele na Justiça Eleitoral. Em 2018, ele teve a candidatura indeferida por não ter feito a biometria.

Caso isso aconteça, na próxima legislatura, haverá apenas uma mulher representante na Câmara Municipal: Camila Jara (PT), que obteve 3.470 votos no último domingo (15). Dharleng Campos havia obtido 1.782 votos.

Delei deverá normalizar sua situação com a Justiça Eleitoral na próxima segunda-feira (23). Se houver a regularização, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) deverá validar seus 3.850 votos obtidos no 1º turno, e, ele deverá voltar para a Câmara depois de cinco anos, já que em 2015 foi desonerado de seu cargo por compra de votos.

A reviravolta na contagem de votos poderá eleger seis vereadores para o PSD em 2021: Otávio Trad, Delei Pinheiro, Junior Coringa, Beto Ovelar, Valdir Gomes e Tiago Vargas. O Partido Movimento Democrático Brasileiro (MDB) ficará com apenas dois vitoriosos: Jamal Salem e Loester de Oliveira.

Fonte: Correio do Estado

Comentários

Queimada