Alimentos da cesta de Páscoa sobem quase 30% em 2021

Por Redação em 01/04/2021 às 17:31:54

Os itens que compõem a cesta de Páscoa registraram aumento médio de 29,17% no último ano, segundo dados do Instituto Brasileiro da Economia da Fundação Getúlio Vargas (Ibre FGV). Entre os itens que mais subiram estão os principais ingredientes dos almoços de família: arroz (60,79%), cebola (50,90%) e batata-inglesa (27,82%). Já bombons e chocolates registraram alta de 9,49%, enquanto o bacalhau ficou 16,18% mais caro – confira a tabela completa abaixo. O avanço é quase cinco vezes maior da inflação acumulada entre abril de 2020 e março deste ano pelo Índice de Preços aos Consumidor – Mercado (IPC-M) da FGV, que foi de 5,74%, e do 5,25% acumulado até fevereiro pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), o indicador oficial da inflação brasileira.

Na Páscoa de 2020, a cesta de produtos havia registrado aumento de 0,56%. A dispara deste ano é justificada pelo aumento do dólar, que encerrou o primeiro trimestre com valorização de 8,5%. André Braz, coordenador do IPC, diz que a alta não representa necessariamente o encarecimento dos produtos nas gôndolas de supermercado. “Só medimos o que aconteceu com os preços nos últimos 12 meses, até março deste ano. Além do aumento já registrado de 10,01% do pescado fresco, o preço do peixe pode subir mais ainda, dada a tradicional pressão da demanda às vésperas da Páscoa”, acrescentou André Braz”, afirma.

 

Itens Var.% acumulada em 12 meses (abr/19 a mar/20)Var.% acumulada em 12 meses (abr/20 a mar/21)
IPC/FGV3,445,74
Inflação dos itens de mesa para Páscoa0,5629,17
ARROZ9,6360,79
BATATA-INGLESA-28,9327,82
CEBOLA-15,8650,90
COUVE MINEIRA-1,014,36
BOLO PRONTO4,036,02
BOMBONS E CHOCOLATES0,549,49
OVOS17,3812,05
PESCADOS FRESCOS0,7610,01
ATUM2,879,47
BACALHAU13,357,28
SARDINHA EM CONSERVA6,6516,94
AZEITE-5,0912,62
AZEITONA EM CONSERVA-2,1416,02
VINHO1,306,48

Fonte: Ibre FGV

Fonte: JP

Comunicar erro
Sidro

Comentários

EPI RB