Solidariedade aqueceu o corpo, estômago e principalmente o coração na madrugada desta terça em Campo Grande

Antigo terminal rodoviário de Campo Grande sendo visitado por voluntários

Por Infomsnews em 30/06/2021 às 11:06:54

As pessoas em situação de rua, nomenclatura usada por entidades para os "moradores de rua", enfrentaram frio intenso de 4°C, mas o frio sentido pelo corpo foi de 1°C. É o que indicaram as estações de medição sobre a noite/madrugada desta terça-feira

"Em casa de menino de rua, o último a dormir apaga a Lua" é verso conhecido do poeta Giovani Baffo, mas essa noite foi mais iluminada na capital, e demorou bastante para se apagar.

Em diversos pontos da cidade, voluntários de igrejas, ongs e até vereador de Campo Grande, se revezaram na distribuição de alimentos quentes como sopas, agasalhos, cobertores e máscaras, que deram um pouco mais de conforto e dignidade aqueles que nessa noite imaginavam que ficariam só no frio.

Nossa equipe encontrou o vereador Junior Coringa no antigo terminal rodoviário de Campo Grande, com uma equipe de voluntários de mais de 20 pessoas, ele falou sobre a importância do trabalho: Desde 1987 faço trabalhos sociais, e por eles sou reconhecido, confesso que fico ansioso para a chegada do frio, porque nesse momento é que posso preparar minha sopa para vir distribuir, hoje esses irmãos e irmãs aqui precisam de mim, amanhã não sabemos quem de nós pode precisar, eles só precisam de um minuto de carinho, atenção, alguém por eles.

Quando abordado pela nossa equipe, encontramos o vereador junto de um morador, comendo da mesma sopa, e dando boas risadas, o que de fato nos impressionou, e o vereador afirma: eu sou um deles, sou ser humano como eles, enquanto muitos passam na calçada e chutam eles, eu os pego pelas mãos e os levanto, e caminho junto, esse é meu objetivo.

Fonte: Infomsnews

Comunicar erro

Comentários

Stilus outro
Agosto Lilas Sidro