Carille diz que Santos tem de pensar alto e faz elogios ao elenco: "Time bem forte"

Por Redação em 09/09/2021 às 15:46:08

Fábio Carille foi apresentando nesta quinta-feira, 9, como novo treinador do Santos, no CT Rei Pelé, na Baixada Santista. Ao lado do presidente Andrés Rueda, o técnico exaltou a qualidade do elenco do Alvinegro praiano e evitou falar de mais reforços. “O melhor é entrar no CT no dia a dia e olhar se necessita de alguma posição. Mas é um grupo bem equilibrado. Temos jogadores chegando, jogadores se recuperando, acredito que tem uma equipe bem forte. Agora é organizar e, ali para frente, se precisar, respeitando a situação do Santos, vamos atrás. Mas é muito cedo para falar disso”, disse o treinador, de 47 anos, que chega após deixar o Al Ittihad Jedda, da Arábia Saudita.

“Não gosto muito de projeções, gosto muito do próximo jogo. Temos que trabalhar aqui para pensar alto, pensar em subir na classificação, em Libertadores, mas não sou de projeção. Todo jogo é uma decisão, a nossa próxima decisão é o Bahia. Trazer muitas informações e projeto para o grupo não é uma coisa boa, gosto de trabalhar jogo a jogo”, completou Carille, que no Santos terá a sua segunda experiência nacional como treinador. A primeira foram as duas passagens pelo Corinthians, onde ganhou o Brasileirão de 2017 e o tri do Paulistão.

Carille estreará no próximo sábado, 11, na Vila Belmiro, contra o Bahia, pelo Brasileirão. O treinador, conhecido por seu estilo defensivo, diz que buscará montar um time organizado. “Eu trabalhei oito anos como auxiliar. Quando tive oportunidade no Corinthians, só dei continuidade no que deu resultado. Os números mostram diferentes, em certos momentos, como em 2018. No Ittihad conseguimos fazer um trabalho bem legal. No Santos já procurei muitas informações, como está sendo dentro de campo, dentro do CT, para chegar com muita paz. Chego com muita paz, acreditando em fazer um grande trabalho com todos. Então a forma de jogar, já tenho uma ideia, o dia a dia vai mostrar. Nada melhor que o dia a dia para conhecer as características deste elenco”, afirmou. “Pode esperar um time bem organizado. Mudar muito pouco porque é muito pouco para o jogo de sábado, depois uma decisão, mas aos poucos trazer o que penso em cima das características que vou conhecendo no dia a dia. O trabalho meu e da minha comissão é fazer a engrenagem funcionar da melhor forma possível”, completou.

Fonte: Gazeta

Comunicar erro

Comentários

Stilus outro
Agosto Lilas Sidro