Com pagamentos em dia, hospitais de MS recebem 13ª parcela de repasse do Estado

Aporte adicional leva em consideração as dificuldades financeiras das unidades hospitalares, como consequência da pandemia da Covid-19. Incremento será pontual, repassado em parcela única neste mês de dezembro, somando R$ 15,6 milhões

Por Redação em 30/11/2021 às 18:39:34

Setenta e seis hospitais de Mato Grosso do Sul que prestam assistência pelo SUS vão receber um repasse adicional de recursos estaduais, equivalentes à décima terceira parcela do valor recebido mensalmente do Tesouro Estadual.

Com a ação, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES), vai transferir um total de R$ 15.652.520,45 a mais para as entidades hospitalares de Mato Grosso do Sul neste mês de dezembro.

De acordo com o secretário estadual de Saúde, serão beneficiados pela medida unidades mantidas por municípios em gestão plena e também hospitais que têm contratualização direta com a Secretaria de Estado de Saúde (SES). Os repasses mensais desses estabelecimentos hospitalares encontram-se em dia.

"Esse aporte adicional de recursos leva em consideração o fato de que o Governo do Estado de Mato Grosso do Sul entende as dificuldades financeiras pelas quais passam unidades hospitalares, como consequência da pandemia da Covid-19. Será um incremento pontual, repassado em parcela única neste mês de dezembro", explica o secretário estadual de Saúde Geraldo Resende.

"Sabemos que as instituições hospitalares enfrentam um cenário no qual, em consequência da pandemia da Covid-19, todos os órgãos e instituições enfrentam grandes dificuldades para manter a operacionalização dos serviços de saúde, com escassez e majoração de preços de insumos e medicamentos e falta de recursos humanos especializados", salienta Geraldo. "Por isso, mesmo estando em dia com os repasses, decidimos, com a anuência e apoio do governador Reinaldo Azambuja, fazer esse aporte financeiro adicional".

Municípios

Entre os hospitais beneficiados com a transferência adicional, estão 44 que têm contratos diretos com o Governo do Estado, por meio da SES. A décima terceira parcela para esses estabelecimentos totaliza R$ 1.427.352,06. As demais unidades que recebem recursos do Fundo Estadual de Saúde transferidos diretamente para os Fundos Municipais de Saúde, somam 32 e vão receber um total de R$ 14.225.168,39.

Como exemplo, o município de Dourados realiza a gestão plena do SUS e mantém contrato com quatro instituições que vão receber a décima terceira parcela: Hospital Evangélico Dr. e Sra. Goldsby King (R$ 92.520,66); Hospital da Missão Evangélica Caiuá (R$ 13.428,57); Hospital da Universidade Federal da Grande Dourados – UFGD (R$ 550.000,00) e Hospital da Vida (R$ 1 milhão).

Na Capital, a Santa Casa de Campo Grande terá um repasse de R$ 3.850.000,00; o Hospital Universitário da UFMS, R$ 300 mil; Hospital São Julião, R$ 418.048,27; Associação de Amparo à Infância, R$ 445.428,57; Hospital do Câncer Alfredo Abrão (R$ 610 mil); e Hospital Nosso Lar (R$ 160 mil).

Texto e foto: Ricardo Minella

Fonte: Governo - MS

Comunicar erro

Comentários

Sidro Nina Central