Melhor do Brasil? Vinicius Jr. assume protagonismo no Real e sonha com Bola de Ouro

Por Redação em 19/12/2021 às 09:24:00

Vinicius Júnior pode dizer que 2021 foi o ano de sua transformação no futebol mundial. A esta altura do ano passado, o atacante do Real Madrid era pouco utilizado pelo então técnico Zinedine Zidane e registrava números discretos no time merengue. Já neste 19 de dezembro, o brasileiro entrará em campo, a partir das 17h (de Brasília) deste domingo, como uma das principais esperanças dos madrilenos para a partida diante do Cadiz, no Santiago Bernabéu, pela 18ª rodada do Campeonato Espanhol. Em alta na equipe de Carlo Ancelotti, Vini tornou-se protagonista no poderoso clube da Espanha, apresentando um futebol que o faz sonhar com a tão cobiçada Bola de Ouro, tradicional prêmio entregue pela revista “France Football” ao melhor do mundo na temporada. “Tenho que trabalhar muito para isso. Tenho que continuar, jogar aqui, continuar fazendo as coisas bem e estar sempre no meu melhor. Se continuar jogando assim, claro que posso ganhar”, declarou o jovem de 21 anos, em entrevista recente ao Movistar+.

Contratado junto ao Flamengo em 2018, Vinicius Júnior ainda estava cavando seu espaço no fim de 2020, ganhando poucos minutos com Zidane e alternando entre o time titular e o reserva. Já sendo comandado por Ancelotti, que voltou ao Bernabéu em agosto deste ano, o atacante, conhecido por habilidade e velocidade, aperfeiçoou sua tomada de decisão e melhorou a pontaria. Prova disso é que, na temporada 2021/22, ele soma 23 jogos, contribuindo com 12 gols e 9 assistências com a camisa dos Blancos. “Trato-o como os outros. Puxo ele nos treinos para que se concentre no trabalho. Mas sei que estou perante um jogador de qualidade, confiante, muito bom fisicamente e cheio de vontade e entusiasmo”, afirmou o treinador italiano, que também já destacou a “humildade” do brasileiro. “Conhece muito bem seu lugar neste elenco, conhece seus companheiros. Ele não se sente uma estrela porque segue sendo muito humilde. É uma das suas melhores qualidades. Sabe que tem ao seu lado jogadores com experiência, personalidade e caráter. Isso vai ajudá-lo a saber qual é seu lugar no elenco”, completou Ancelotti.

Além do comandante do Real Madrid, Vinicius também é constantemente exaltado pelos colegas de clube. Recentemente, o companheiro de ataque do brasileiro, o francês Karim Benzema, ressaltou o amadurecimento do atleta revelado pelo Flamengo. “É um jogador jovem, que agora já possui mais experiência dentro deste clube. Tem ajudado neste início da Liga e marcado gols. Nos ajuda muito com a sua velocidade e vai fazer isso durante toda a temporada. Falo muito com ele, acredito nele e farei sempre tudo para poder ajudá-lo, visto ser um jogador top”, comentou o veterano. Os elogios, por sua vez, não se restringem aos futebolistas. Na imprensa espanhola, “Vini Malvadeza” também já virou sensação. “Noventa e nove por cento do sucesso de Vinicius é por causa dele. E esse 1% restante poderia ser atribuído a Carlo Ancelotti, pelo menos, já que permite que os jovens progridam. Zidane foi um lastro para o brasileiro”, publicou o jornal “AS” em outubro deste ano.

A evolução meteórica de Vinicius Júnior já faz o jovem ser considerado para muitos especialistas o melhor jogador brasileiro da atualidade. Durante o programa “Esporte em Discussão”, da última terça-feira, 14, os comentaristas Mauro Cezar Pereira e Nilson Cesar colocaram o atacante do Real Madrid à frente de Neymar, camisa 10 da seleção brasileira e do Paris Saint-Germain. “Quem é o reserva do Vinicius hoje? O [Eden] Hazard, que foi o maior driblador do Campeonato Inglês, um campeonato duríssimo”, disse Mauro, concordando com uma reportagem do “Marca”, que colocou o ex-Flamengo entre os melhores do planeta na atualidade. Já na Canarinho, o jovem ainda não caiu totalmente nas graças do técnico Tite. Nas últimas partidas das Eliminatórias, ele só foi lembrado por causa do corte de Roberto Firmino, que se lesionou durante um jogo do Liverpool. Vini, ainda assim, foi titular no empate com a Argentina, fora de casa. Por tudo isso, cresce a opinião popular de que o jovem precisa estar na lista de convocados para a Copa do Mundo de 2022.

Fonte: Gazeta

Comunicar erro

Comentários

Sidro Nina Central