Stilus outro

Visto de Djokovic é cancelado e primeiro-ministro da Austrália dispara: "Ninguém está acima das regras"

Por Redação em 05/01/2022 às 20:10:52

A chegada de Novak Djokovic à Austrália nesta quarta-feira, 5, não teve um final feliz. Depois de receber uma "liberação médica" para participar do Australian Open, mesmo sem receber a vacina contra a Covid-19, o tenista sérvio foi barrado no aeroporto de Tullamarine, em Melbourne, na manhã desta quarta e agora pela noite, o primeiro-ministro Scott Morrison anunciou em suas redes sociais que o visto de Djokovic foi cancelado. “Regras são regras, especialmente quando se trata de nossas fronteiras. Ninguém está acima dessas regras. Nossas fortes políticas de fronteira têm sido fundamentais para que a Austrália tenha uma das taxas de mortalidade mais baixas do mundo devido à COVID. Continuamos vigilantes”, escreveu.

O Australian Open definiu no ano passado que somente tenistas vacinados poderiam entrar no país e disputar o campeonato. Porém, com a desconfiança de que Djokovic não viria ao torneio, a organização abriu a exceção de que poderiam jogar quem conseguisse uma "liberação médica". O sérvio conseguiu a autorização na terça-feira. A aprovação causou polêmica no mundo esportivo, principalmente porque uma tenista russa não pôde se inscrever no AO por ter se vacinado com Sputnik V, um dos imunizantes não autorizados na Austrália. O primeiro Grand Slam do ano começa em 17 de janeiro e vai até 30 de janeiro.

Fonte: Gazeta

Comunicar erro
ALMS vacina

Comentários