Polícia prende dois por assassinato de cuidador de carro no Guanandi

Pochete com documentos, quantia em dinheiro, celular e uma bicicleta roubada foram levados da vítima no crime

Por Redação em 12/01/2022 às 19:20:03
Homem foi encontrado sem vida no chão da casa por uma mulher que passava pelo local. (Foto: Aletheya Alves)

Homem foi encontrado sem vida no chão da casa por uma mulher que passava pelo local. (Foto: Aletheya Alves)

Dois homens apontados como assassinos do cuidador de carros Eduil Pereira dos Santos foram presos por equipes da Derf (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos). A vítima foi morta durante um assalto em março do ano passado, no Bairro Guanandi.

Conforme apurado pela reportagem, o primeiro suspeito foi preso na segunda-feira (10), no Assentamento Itamaraty, em Ponta Porã – cidade a 313 quilômetros de Campo Grande. Identificado como Tiago Barbosa, o suspeito apontado como o autor do homicídio, depois de preso, foi trazido para Campo Grande pelos policiais da especializada.

Na manhã desta quarta-feira (12), o segundo suspeito de envolvimento no crime foi localizado em uma das unidades prisionais de Campo Grande.

Eduil morava sozinho no cruzamento da Avenida Ernesto Geisel com a Simplício Mascarenhas. No dia do crime, 5 de março de 2021, uma vizinha passou em frente à residência e avistou o corpo do cuidador de carros caído. Ela pediu ajuda a um sobrinho, que, em seguida, acionou a polícia e uma equipe do Samu.

A perícia no local constatou que a vítima teve uma pochete com documentos, quantia em dinheiro, celular e uma bicicleta roubados, por isso, o caso é tratado como latrocínio – roubo seguido de morte.



Fonte: CAMPO GRANDE NEWS

Comunicar erro

Comentários

Sidro Nina Central