Feminicida que matou a mulher em Terenos é preso em ação conjunta da Policia Civil e PRE.

Na cidade de Paranaíba a PRE daquela localidade conseguiu abordar o taxi e deter o autor do feminicídio.

Por Redação em 24/05/2022 às 17:46:46
Foto: PC/MS

Foto: PC/MS

A Polícia Civil, por intermédio do Grupo de Operações e Investigações (GOI) e Polícia Rodoviária Estadual (PRE) prenderam ontem, 23/05, um feminicida que matou a mulher na frente do filho, na cidade de Terenos-MS. A prisão foi feita na rodovia, perto de Paranaíba, quando o autor tentava fugir para Minas Gerais.

De acordo com as informações levantadas, na madrugada de ontem, na região da Colônia Jamic, na cidade de Terenos, a aproximadamente 40 quilômetros de Campo Grande, um indivíduo de 28 anos atirou na face da sua companheira com uma espingarda calibre .22, mesmo depois dela pedir perdão e implorar para que ele não atirasse, na frente do filho dela de 9 anos de idade.

Após tirar a vida da companheira, por volta das 6 horas da manhã, o autor do feminicídio conseguiu pegar uma carona para Campo Grande com um vizinho, inventando uma história que o seu pai em Minas Gerais teria falecido. Segundo o vizinho, ele deixou o autor em frente ao aeroporto.

Após ser acionado, equipes do GOI iniciaram as diligências, as quais foram realizadas no aeroporto, rodoviária e região. Foi obtido a informação que o autor após ser deixado no aeroporto, por volta das 7 horas e 30 minutos da manhã, procurou um taxista, para que o levasse até Belo Horizonte-MG, e que a corrida seria paga via pix pela família dele.

Os investigadores do GOI conseguiram qualificar o taxista e obter a placa do veículo que o autor e o motorista estavam.

Com essa informação, os policiais civis começaram a repassar a informação para todas a forças rodoviárias, Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Rodoviária Estadual (PRE). Na cidade de Paranaíba a PRE daquela localidade conseguiu abordar o taxi e deter o autor do feminicídio.

Após a detenção do autor, uma equipe do GOI deslocou para a cidade de Paranaíba, que após a lavratura do flagrante na respectiva Delegacia de Polícia, iria realizar a transferência do autor para a cidade de Terenos, onde ocorreu o crime.

Publicado por Keila Flores

Fonte: PC/MS

Comunicar erro

Comentários

Sidro Nina Central