Mulher não aceita término, bate no ex e destrói casa em Rio Brilhante

Ela não aceita o término, o agrediu e quebrou móveis e carro da vítima.

Por Redação em 02/07/2024 às 11:21:50
Mulher recebeu voz de prisão em flagrante e foi conduzida à delegacia / Wesley Ortiz

Mulher recebeu voz de prisão em flagrante e foi conduzida à delegacia / Wesley Ortiz

Uma mulher de 20 anos foi presa em flagrante na tarde deste domingo (30) em Rio Brilhante, a 161 quilômetros de Campo Grande (MS), após agredir o ex-companheiro. Ela não aceita o término, o agrediu e quebrou móveis e carro da vítima.

Segundo o boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada por volta das 16 horas para atender a ocorrência. Uma equipe do Corpo de Bombeiros também foi acionada porque, segundo as informações, no local havia pessoas sangrando.

Quando os Bombeiros e a PM chegaram no local, se depararam com a mulher discutindo com o ex-namorado de 23 anos em frente à casa dele. O homem disse que teve um relacionamento de três anos com a mulher e a cerca de um mês haviam terminado, porém, ela não aceita o fim do relacionamento.

Por ciúmes, ela, então, teria aparecido na residência do homem e passou a lhe agredir, ferindo os lábios, cotovelos e a região lombar do ex-namorado, conforme laudo médico. Além da violência, a mulher ainda passou a quebrar o veículo do jovem com pedradas, quebrando o para-brisa e amassando o capô.

A mulher ainda, em seu momento de fúria, entrou na residência e quebrou o fogão, máquina de lavar roupas e danificou a porta da casa, além de quebrar o vidro do banheiro. Ainda segundo o boletim de ocorrência, o homem relatou que a mulher lhe persegue, e não é a primeira vez que é agredido por ela.

A jovem sofreu lesões nas mãos, que teria cortado ao quebrar o espelho do banheiro, relatou as guarnições. Foi oferecido atendimento à mulher, mas ela rejeitou ir ao hospital, conforme o site Rio Brilhante em Tempo Real.

Ela confirmou o que disse o ex namorado e disse aos policiais que tomou tal atitude, pois estava com ciúmes por que o ex estaria em outro relacionamento. Ela recebeu voz de prisão em flagrante e foi conduzida à delegacia de Polícia Civil.

O ex namorado desejou representar criminalmente contra a mulher, bem como seja dado prosseguimento nas investigações de dano. O caso foi registrado como dano qualificado e lesão corporal.

Fonte: Top Mídia News

Comunicar erro
Ajude o Pantanal

Comentários

Faixa