Mais de 5 mil ind√≠genas são atendidos durante a 4¬™ edição do MS em Ação: Segurança e Cidadania

A ação proporcionou tamb√©m a emissão de 1.240 documentos, mudando a realidade de muitas pessoas

Por Redação em 09/07/2024 às 18:53:34
Foto: Secretaria de Estado de Cidadania

Foto: Secretaria de Estado de Cidadania

Com foco na integração da segurança p√ļblica e da cidadania com a população, mais de 5.138 ind√≠genas do munic√≠pio de Miranda tiveram seus direitos assegurados entre os dias 6 e 7 de julho, na Aldeia Cachoeirinha, durante a 4¬™ edição do MS em Ação: Segurança e Cidadania, promovida pelo Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, através da Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança P√ļblica) e da SEC (Secretaria de Estado da Cidadania).

A Escola Municipal Ind√≠gena Pólo Coronel Nicolau Horta Barbosa, sediou a ação que além da comunidade local, atendeu as comunidades Argola; Babaçu; Boa Esperança; Lagoinha; Lalima; Mãe Terra; Moreira; Morrinho; Passarinho; Kinikinau; Kay Koe e Nossa Senhora de F√°tima. Que tiveram acesso gratuito a emissão de documentos pessoais como Carteira de Identidade, CPF, carteira de trabalho e puderam solicitar benef√≠cios junto ao INSS, casamentos, divórcios, atendimentos na defensoria p√ļblica, consultas médicas com cl√≠nicos gerais e especialistas, com dentistas e orientações da correta escovação e higiene bucal.

Élcio, ind√≠gena Terena. Foto: Matheus Carvalho.

O MS em Ação: Segurança e Cidadania tem um impacto profundo e transformador nas comunidades ind√≠genas, promovendo inclusão, respeito aos direitos e melhorias nas condições de vida. E esse impacto tem sido sentido pelos moradores das comunidades, como por exemplo, o Élcio, ind√≠gena Terena, 61 anos.

"Eu vim aqui hoje para procurar médico ortopedista e tive um atendimento muito bom, o médico j√° me deu encaminhamento e eu j√° fui na Sesai aqui e j√° agendei o raio-x em Aquidauana, foi muito r√°pido, excelente. Hoje eu casei também, j√° fiz tudo aqui, não preciso nem ir no cartório de Miranda", explica.

A ação proporcionou também a emissão de 1.240 documentos, mudando a realidade de muitas pessoas como da Antônia Faustino, que h√° muito tempo esperava para fazer o RG, e foi durante a ação que ela concretizou o seu desejo de estar com a documentação em dia. "É muito bom ter esses serviços aqui na comunidade, a gente precisa de documento para ir no médico, para a cesta b√°sica, e na cidade é mais dif√≠cil para gente ir".

Presente durante os dois dias da ação as forças de segurança do Estado, DOF (Departamento de Operações de Fronteira), Choque, Pol√≠cia Militar, Pol√≠cia Civil, Corpo de Bombeiros, promoveram uma conexão com a comunidade ind√≠gena e uma troca de viv√™ncias e escuta.

Antonia Faustina esperava para fazer o RG j√° h√° um ano, e conseguiu agora no MS em Ação

"É importante a interação do Batalhão de Choque com a sociedade para que a sociedade conheça o nosso trabalho de perto, entender que estamos trabalhando de forma técnica, e por isso a necessidade de especialização, para o melhor uso das ferramentas e equipamentos dispon√≠veis, para atender as necessidades da sociedade. Nessa interação pudemos mostrar para pessoas que nunca tiveram a oportunidade de conhecer tão de perto os equipamentos atuais, a tecnologia, o aux√≠lio dos cães na atividade policial, demonstrar um pouco do trabalho do canino "Bart", falar sobre as demais companhias do Batalhão de Choque, Rocam e Rotac, trazer a mente dessas pessoas que a Pol√≠cia Militar est√° preparada para proteger o cidadão sul-mato-grossense", explica o Sargento Duarte.

Parceiros

Prefeitura Municipal de Miranda, Anoreg, Ministério Regional do Trabalho e Emprego, Funtrab, Tribunal de Justiça do Mato Grosso do Sul, Defensoria P√ļblica da União, Funai, Secretaria de Estado da Fazenda, Secretaria de Estado de Sa√ļde, Faculdade Refferencial de Odontologia de Campo Grande; DSEI, SESAI, Coordenadoria Geral de Per√≠cias - Instituto de Identificação Gonçalo Pereira, Receita Federal, INSS, Defensoria P√ļblica Estadual, Ministério P√ļblico Estadual, Pol√≠cia Rodovi√°ria Federal, Pol√≠cia Militar, Pol√≠cia Civil, DEAM, DOF, CHOQUE, BOPE, Corpo de Bombeiros Militar, Coordenadoria-Geral de Policiamento Aéreo da Sejusp, Coordenadoria Estadual de Pol√≠cia Comunit√°ria, SENAI, FAMASUL/SENAR, Observatório da Cidadania, Subsecretaria de Pol√≠ticas P√ļblicas para Mulheres, Subsecretaria de Pol√≠ticas P√ļblicas para Juventude, Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Fudesporte e Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul.

Programa "MS em Ação: Segurança e Cidadania"

Institu√≠do por meio da Resolução conjunta Sejusp e SEC N¬ļ 001, foi criado com o propósito de fortalecer e aprimorar as pol√≠ticas voltadas para o exerc√≠cio pleno da cidadania, direcionadas às comunidades tradicionais, bem como às populações que residem em regiões remotas, de dif√≠cil acesso e em condições de vulnerabilidade.

Garantindo a proteção dos direitos humanos, a preservação da cultura e identidade, a promoção da igualdade e inclusão, o desenvolvimento sustent√°vel, o empoderamento comunit√°rio, a redução das disparidades sociais e o respeito ao território.

Jaqueline Hahn Tente, Comunicação da Cidadania
Foto de capa: João Garrigó
Interna: Matheus Carvalho/SEC

Fonte: Agência de Noticias MS

Comunicar erro
Ajude o Pantanal

Coment√°rios

Faixa