Descontrolado, homem quebra cela e deixa delegacia sem √°gua

O autor foi preso após esfaquear a mulher que sofreu corte profundo no braço e na cabeça

Por Redação em 31/03/2024 às 19:50:02
Fachada da delegacia de Polícia Civil de Itaporã, município com pouco mais de 25 mil habitantes (Foto: reprodução / Google)

Fachada da delegacia de Polícia Civil de Itaporã, município com pouco mais de 25 mil habitantes (Foto: reprodução / Google)

Homem de 34 anos deu trabalho para a polícia ao ser preso após tentar matar a mulher de 39 anos na madrugada deste domingo (31), em Itaporã, distante 234 quilômetros de Campo Grande. Ele chutou o compartimento de presos da viatura, ameaçou policiais, quebrou a pia da cela e deixou a delegacia sem √°gua.

Conforme boletim de ocorr√™ncia, a PM (Polícia Militar) foi acionada para atender ocorr√™ncia de lesão corporal em posto de combustíveis na Rua Duque de Caxias. No local, o autor havia sido detido por testemunhas após agredir a esposa e ameaçar os moradores com faca e pedra. A vítima, mulher do agressor, foi localizada no hospital recebendo atendimento médico.

Indagada, ela contou que foi ferida pelo autor e na sequ√™ncia levada para a unidade de saúde, mas após receber alta médica foi ao encontro do marido e, novamente, foi agredida e teve que voltar para o hospital. Segundo laudo médico, a vítima sofreu corte profundo no braço e na cabeça.

O autor apresentava sinais de embriaguez. Ele foi detido e colocado no compartimento de preso da viatura policial, onde passou a chutar. A faca de aproximadamente 30 centímetros utilizada no crime foi apreendida. O homem foi algemado e levado para a delegacia e ao saber que ficaria preso desacatou a equipe.

Ao ser colocado na cela, ele ficou ainda mais alterado, chutou a grade, a parede e quebrou a pia, ocasionando grande vazamento, situação que deixou a delegacia sem √°gua. Para a segurança dos policiais, o autor permaneceu algemado com as mãos para tr√°s até se acalmar.

Ele deve passar por audi√™ncia de custódia na Justiça amanhã para definir se ficar√° preso esperando o andamento do inquérito e posterior processo ou se poder√° responder em liberdade. O homem foi preso por ameaça, desacato, dano e lesão corporal (no âmbito da viol√™ncia doméstica).

Fonte: Campo Grande News

Comunicar erro

Coment√°rios