Caminhoneiro que matou jovens acreditava ter atropelado animal

Suspeito se apresentou nesta sexta-feira (3), na delegacia de Terenos, onde contou sua versão do fatos

Por Redação em 04/05/2024 às 19:24:55
Foto: Campo Grande News

Foto: Campo Grande News

Caminhoneiro que matou os jovens Guilherme Cruz da Silva, 19 anos, e Claiton Silva Gaúna, 18, na quinta-feira (2), se apresentou a polícia e disse que achava que teria atropelado um animal na estrada que dá acesso a BR-060, em Terenos, distante 31 quilômetros de Campo Grande.
De acordo com o delegado Antenor Batista, responsável pelas investigações, na tarde de ontem, o motorista se apresentou na delegacia de Terenos acompanhado de seu advogado. Ele foi ouvido e durante interrogatório, informou que na noite do acidente não percebeu que as vítimas eram os jovens.
"Ele achou que era bicho e parou mais a frente, próximo ao asfalto, cerca de 12 quilômetros do local, onde tinha claridade. Segundo relato dele, só ficou sabendo que era morte quando saiu na reportagem e a filha avisou", revelou o delegado.
Ainda conforme Antenor, a estrada por onde o suspeito seguia era estreita e quando os veículos passaram levantava poeira, situação que atrapalhava a visibilidade do motorista. "O filho dele vinha mais atrás em uma Picape ele tomou distância e escutou o barulho, como a rua era estreita ele não quis parar, segundo ele para que carros que vinham atrás não bater", informou.
O caminhoneiro foi indiciado pelo crime de duplo homicídio culposo – quando não tem intenção de matar e evasão. A versão apresentada pelo suspeito será investigada no decorrer do inquérito. Além disso, o filho dele e outras testemunhas serão ouvidas.
Após contar sua versão dos fatos, o homem foi liberado e aguardara o encerramento do inquérito em liberdade.
caso - Vídeo de câmera de segurança registrou o momento em que o caminhoneiro para na estrada e procura vestígios do acidente que matou os dois jovens. Na gravação é possível ver uma picape branca passando e logo atrás vem o caminhão Volkswagen amarelo. O motorista para em uma curva e desce do veículo. Em seguida, ele pega uma lanterna e começa a olhar embaixo da cabine e da carroceria.
Um rapaz de camiseta preta aparece no momento em que o condutor abre a porta do passageiro do caminhão. Eles ficam ali por algum tempo, o motorista chega a entrar no veículo. Os dois então começam a conversar ao lado da carroceria.
Minutos depois, o rapaz começa a soltar algumas cordas do caminhão e abre a porta do passageiro. Logo depois, o motorista entra no veículo, os dois conversam. O jovem sobe no caminhão que segue pela estrada. A gravação dura 4 minutos e 10 segundos.
No boletim de ocorrência, as vítimas estavam em uma motocicleta seguindo pela estrada a 12 quilômetros da BR-060, sentido ao Assentamento Santa Mônica, quando foram atingidos pelo caminhão Volkswagen amarelo.
Com o impacto da batida, um dos jovens teve o braço arrancado e os dois morreram no local.

Fonte: Campo Grande News

Comunicar erro
Ajude o Pantanal

Comentários

Faixa