Stilus outro

Candidato a vice-prefeito tem registro cassado a pedido do próprio partido

Segundo o DEM de Dois Irmãos do Buriti, Alcir Vida não foi escolhido para o posto na convenção partidária

Por Flávio Veras em 24/10/2020 às 10:45:27
Bruno Henrique/Arquivo/Correio do Estado

Bruno Henrique/Arquivo/Correio do Estado

A candidatura a vice-prefeito de Alcir Vida (DEM), que disputa as eleições municipais em Dois Irmãos de Buriti, foi cassada pelo Tribunal Regional de Mato Grosso do Sul (TRE-MS) a pedido do próprio partido, o Democratas. Segundo a legenda, o nome de Vida não foi escolhido na convenção partidária que definiu o cabeça de chapa, Doutor Aramis.

A decisão foi proferida pelo juiz Luciano Pedro Beladelli, da 49ª Zona Eleitoral de Anastácio e publicada no Mural Eletrônico do TRE-MS.

Sobre a sustentação do partido, a defesa do candidato sustentou que o nome dele foi cadastrado provisoriamente. Porém, Beladelli acolheu os argumentos do DEM, citando que parte da deliberação da convenção foi anulada.

O magistrado argumentou ainda que Vida não apresentou provas suficientes.

"Apesar de fazer menção à gravação que teria realizado durante a convenção em tela, em que aduz ter provas de que foi escolhido para lançar-se candidato, não apresentou a suposta prova nos autos", escreveu.

O DEM pode efetuar a substituição do candidato em oito dias, quando se abre uma janela para alteração nas chapas e coligações. Se decidir manter, Vida pode tomar posse, mas poderá ser obrigado a deixar o cargo, caso o último recurso impetrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), lhe seja desfavorável.

Fonte: Correio do Estado

Comentários

Queimada