Stilus outro

Rússia paga dívida e evita expulsão da Federação Internacional de Atletismo

Por Redação em 12/08/2020 às 17:32:18

A Federação Russa de Atletismo anunciou nesta quarta-feira ter quitado a dívida de US$ 6,3 milhões (R$ 34,3 milhões) com a World Athletics (nova denominação da federação internacional da modalidade), o que vinha impedindo a participação até de atletas neutros das competições. "O pagamento da dívida foi possível graças ao apoio do Ministério dos Esportes, que concedeu à federação um subsídio para o desenvolvimento do atletismo", apontou a entidade por meio de comunicado.

A nota ainda indica que o ministro dos Esportes, Oleg Matitsin, havia enviado no fim de junho uma carta para World Athletics, garantindo o pagamento da dívida antes do fim do prazo estipulado, que era o próximo sábado. O titular da pasta considerou que a concessão da ajuda econômica à federação foi um passo "sem precedentes" para tirar o atletismo da Rússia de uma situação que classificou como "crítica".

Leia também

Renato Gaúcho volta a alfinetar Jorge Jesus: 'Só ouvi falar dele quando chegou ao Brasil'

CBF liberará atletas que tenham testado positivo para Covid-19 há mais de 10 dias

Ferrari e Renault apelarão de decisão, e F1 promete ter 'batalha' no caso da 'Mercedes Rosa'

Anteriormente, a federação do país tinha até 1º de julho como prazo para quitar o valor, mas o presidente da World Athletic, Sebastian Coe, decidiu prorrogá-lo até a reunião do Conselho da entidade, que definiu 15 de agosto como data limite. Caso o montante não fosse quitado, a federação russa seria expulsa da entidade internacional, o que deixaria afastados os atletas locais, inclusive que hoje participam de eventos sob a bandeira neutra.

*Com informações da Agência EFE

Fonte: Gazeta

Comentários

Queimada