Stilus outro

Leila Pereira diz que Palmeiras não fará loucuras para encontrar centroavante

Por Redação em 06/01/2022 às 12:45:38

Leila Pereira, presidente do Palmeiras, admitiu que a diretoria segue em busca de um centroavante para reforçar o time na temporada 2022. Em entrevista coletiva, no entanto, a mandatária pregou “responsabilidade financeira”, ressaltando que o clube não fará loucuras para encontrar um camisa 9. “Estamos sempre em busca de bons profissionais, os melhores, mas tratamos o assunto com responsabilidade financeira. E os valores são inviáveis para a realidade brasileira. Não vou sacrificar o Palmeiras para pagar um valor incompatível com a realidade brasileira. Quando digo isso não é que não vou investir, vou investir, sempre”, afirmou a também patrocinadora, em entrevista coletiva.

Leila não deu nomes, mas diretoria palmeirense já tentou trazer o jovem Yuri Alberto, do Internacional, mas esbarrou nos valores. Com o argentino Valentín Castellanos, que se destacou no New York City, a situação é parecida – os americanos fazem jogo duro e pedem uma quantia significativa pelo atleta, que pretende jogar no futebol europeu. “Não acredito no bom e barato, vocês lembram desta frase e o que aconteceu no passado? Não acredito, futebol é investimento alto. Temos de ser os mais assertivos possíveis. E vou tentar isso de forma correta e responsável”, completou a presidente, fazendo referência à antiga política do clube de buscar atletas com baixo custo no começo do século.

Sem Luiz Adriano, que irá deixar a equipe do Palmeiras, o técnico Abel Ferreira, por enquanto, conta com apenas Deyverson e Rafael Navarro, reforço recém-contratado do Botafogo, para a posição. A ideia da cúpula alviverde é contratar mais um jogador para o setor antes da disputa do Mundial de Clubes, marcado para acontecer no início de fevereiro, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes. Ontem, vale lembrar, o diretor Anderson Barros afirmou que o clube chegou a um acordo com o volante Jailson, ex-Grêmio, para melhorar o poder de marcação no meio-campo.

Fonte: Gazeta

Comunicar erro
ALMS vacina

Comentários